Uso de cookies

Este sítio Web utiliza cookies próprios e de terceiros com o objetivo de tornar a sua navegação mais segura, fazer a análise estatística das visitas ao sítio Web e conhecer a sua usabilidade. Se desejar mais informações pode consultar a nossa POLÍTICA DE COOKIES. Pode aceitar a utilização de cookies pressionando "ACEITAR" ou Configurar/Recusar a sua utilização pressionando "CONFIGURAR/RECUSAR".

Estratégia de gestão de resíduos da Mercadona

Medidas da Mercadona para evitar o desperdício alimentar

09 de agosto de 2018
  • A Mercadona dispõe há vários anos de uma política de gestão de resíduos para reduzir os desperdícios em todos os seus processos.

Estas são algumas das estratégias da Mercadona para evitar e reduzir o desperdício de alimentos. 

1. Árvore completa: Vender Qualidade

Na venda de frutas e legumes, a Mercadona prioriza a qualidade sobre a estética. Um exemplo é o serviço de sumo de laranja espremido na hora, que é proveniente de laranjas de alta qualidade mas que, devido à sua aparência ou menor tamanho, anteriormente tinham uma saída difícil no mercado. Além disso, a Mercadona tenta oferecer produtos diretos do campo, evitando, na medida do possível, manipulação intermediária, o que permite que uma poupança os nossos clientes e que haja um melhor aproveitamento agrícola.

2. Pedir o certo e necessário

Na Mercadona tentamos regular muito bem os pedidos para que estes se ajustem à previsão de venda e evitar que haja excesso de stock  ou acumulação de produtos na loja.

3. Ser lojista

A Mercadona ajusta os preços função do stock. Se a disponibilidade de produtos aumenta, os preços descem. Desta forma, estes vendem-se mais rápido, todos ganhamos e não desperdiçamos. Estas práticas são visíveis especialmente nas nossas secções de produtos frescos, como uma medida para escoar vários produtos antes que se estraguem.

4. Só o que necessita

Na Mercadona não incentivamos os nossos clientes a armazenar ou comprar em excesso. Não fazemos promoções. Em vez disso, temos a política comercial SPB (Sempre Preços Baixos), que garante aos clientes um preço competitivo com a mais alta qualidade.

5. Doamos os produtos aptos

Se um produto não é vendido e está apto para consumo, doamo-lo a cantinas sociais e outras entidades através dos nossos recursos humanos e logísticos para que estes cheguem aos usuários desses centros nas melhores condições. No final de 2017, colaborámos com mais de 140 cantinas sociais em toda a Espanha.

6. Transformamos o inutilizável

Se por algum motivo um produto caducar, este será retirado da venda e entregue a gestores autorizados para que possa ser transformado em energia, fertilizante ou ração.

Estas são algumas das medidas que aplicamos para evitar o desperdício alimentar. Na Mercadona continuamos a trabalhar para melhorar os nossos processos nesse sentido.